Menu

Todos já passamos por isso

Quantas vezes você já ajudou alguém? Quantas vezes fez isso sem esperar nada em troca? Um ato de bondade e amor sem pretensão alguma, nos dias atuais está tão difícil de encontrar/receber.


As pessoas se tornaram tão duras, tão debochadas, tão insensíveis. Às vezes, eu sinto uma vontade de gritar: "Parem! Vocês estão se tornando selvagens demais." Dá vontade de chorar quando eu vejo no que nos transformamos.

Mas são todos? Não. Ainda existem pessoas sensíveis e que se importam com as outras. Mas me digam, o que será da humanidade daqui a 20 anos? Se hoje matam descontroladamente por qualquer coisa, pense neste mundo daqui a duas décadas. Se o atual cenário não mudar... as pessoas de bem vão sofrer muito mais do que já estão sofrendo, tendo que assistir a violência se aproximar das pessoas que ama, sem nada poder fazer.

Re-assisti uma novela que, em um dos capítulos a personagem principal diz o seguinte: "o mau que deixamos acontecer próximo de nós, um dia chegará em nós". (Xica da Silva)

Assisti também um vídeo sobre aquecimento global e uma possível extinção da raça humana dentro de alguns anos, e eu acredito que isto vá acontecer mesmo. Ora, vivemos num planeta finito e estamos abusando de seus recursos de forma ilimitada. Faz a matemática aí. Ela é simples e óbvia. E se eu sei fazer esta matemática simples, os grandões também sabem, mas o que importa mesmo é o próximo dólar, não é? Gente cega. Mas o que também me chamou atenção neste vídeo, foi que o cientista disse que já alcançamos um estágio de degradação irreversível e desesperançoso ele pede que as pessoas se respeitem mais, sejam melhores e pratiquem a bondade.

O que tem de mais nesse pedido? Ora, esse pedido veio de um cientista!!!!

Cientistas estão pedindo mais amor enquanto vejo algumas pessoas que se dizem "muito religiosas" pregando o ódio velado, incitando violência através de palavras duras e ameaçadoras. E o que é mais grave, é que incitam o ódio disfarçando-o de amor. Cuidado, gente!!! Isso está ficando sem controle.

Eu penso o seguinte: respeite as pessoas e o direito delas viverem e pensarem como acharem melhor. Ninguém tem o direito de se meter em questões particulares e que envolvem o contexto de vida da pessoa. Respeite! Apenas isso. E evite discussões calorosas que não levam a lugar algum. Não é por aí. Na minha opinião - que pode ser diferente da sua, e se for, eu não vou discutir com você nem tentar fazer sua cabeça - o que vai corrigir esse mundo é o amor ao próximo. Se não me engano, existiu um Mestre que pregava isso, né?! Acho que Ele sabia das coisas. E Ele era doce, amoroso, atencioso e generoso, ao que me consta.

Sendo assim, o vídeo no início dessa postagem e o próximo logo abaixo traz a mensagem de espalhar o amor, a solidariedade, a compaixão e o amor ao próximo. E ele nos faz refletir muito além disso, faz você parar e analisar o que acontece à sua volta e no que o ser humano está se tornando. Eu não reconheço mais traços de humanidade em muitas pessoas.

O ódio contagia, mas o amor contagia também. Faça sua escolha!



Nenhum comentário:

Postar um comentário